Pesca Estática em Anaurilândia – MS

logo-pescaestaticaEnfim a primeira postagem de 2017! E para começar o ano, nada melhor que uma bela pescaria para deixar 2016 para trás esquecendo dos problemas e tirar alguns tucunarés da água!

Desta vez a postagem não vai ser estilo resenha porque foram poucos dias e também não tem muito o que contar, mas temos bastante fotos da viagem e do local!

Fomos à Estância Zé Tacca em Anaurilândia – MS, e começamos a viagem de carro na segunda-feira 02/01, saindo às 09:30 de Curitiba e parando lá pelas 13:00 para um lanche rápido na estrada, chegando à pousada às 19:00 após um pequeno contratempo sobre a localização da pousada, que está errada na página do Facebook deles. O endereço correto da entrada é MS 276 Km 10, passando 10Km de Anaurilândia vindo por Primavera (melhor caminho para quem vem de Curitiba). A estrada está em ótimas condições, aparentemente foi reformada há pouco tempo, visto que as últimas imagens do Street View foram feitas em 2011 e a estrada estava horrível. Há diversas placas indicando a quilometragem da estrada, então, desde que você saiba onde fica a entrada, não tem como errar. Dali, mais 10Km de estrada de chão em boas condições (dá para entrar com carro normal).

Mapa correto da entrada

Localização correta da entrada

Represa Paranapanema

Represa sobre o rio Paranapanema

Usina Rio Paraná

Usina Eng. Sérgio Motta

Divisa SP - MS

Divisa SP-MS

Represa MS

Passando ao lado da represa (11Km de extensão)

Anaurilândia

Chegando ao município de Anaurilândia

Chegando perto

Plaquinha na estrada informando a proximidade da entrada

Chegando mais perto

Placa na entrada da pousada

OBS: Estas placas NÃO estão no Street View porque as últimas imagens de lá são de 2011 e a pousada foi inaugurada em 2012!

Chalés

Chalés da pousada

Trapiche

Trapiche da entrada da pousada

Pôr do Sol

Pôr do Sol na pousada

No valor da diária (R$500,00 por chalé com 2 pescadores) estão inclusos a diária do piloteiro e alimentação (café da manhã, almoço e janta), mas com bebidas e combustível dos barcos à parte (a R$ 5,50 o litro). A pousada permite levar bebidas e até alimentação. Pernoites também são cobrados à parte (por exemplo, chegamos na segunda à noite e pernoitamos para terça, e pernoitamos novamente na quinta para irmos embora sexta pela manhã, o que foi cobrado R$150,00 adicionais).

Conforme comentei acima, não tem muito o que falar porque saíram poucos peixes, mas temos algumas observações quanto à estrutura do local:

1)- Quanto à pesca esportiva, a cota teórica de peixes é de 6 por barco por dia, porém o que foi visto na prática, além da quantidade mínima de peixes fisgados, é a matança generalizada de tucunarés de QUALQUER tamanho, sem critério algum, desde os pequenos de menos de 1Kg até os grandes (quando aparecem). Ninguém me contou, eu VI um dos funcionários da pousada limpando os peixes bem ali na saída dos barcos, na volta, sob os olhos de todos os guias e piloteiros. Quem se diz praticante de pesca esportiva não pode permitir uma coisa dessas.

2)- Quanto aos chalés, enfrentamos queda de energia frequente que impediu o uso do ar condicionado e da geladeira por mais de 24 horas dos 3 dias que ficamos, tendo também acabado a água nos chalés durante um período devido à falta de energia e também a bomba do poço que queimou. Em um lugar desses, ficar sem luz e sem ar condicionado à noite não é nada agradável.

3)- Quanto à alimentação, tudo muito simples demais; pela região, a impressão que deu é que seria algo mais colonial, mas por exemplo o café da manhã se resumia a café com leite (um dos dias não tinha leite “porque azedou quando foi ferver”) e pão francês com queijo e mortadela. Muito fraco.

4)- Talvez devido à época, duas tardes seguidas de pescaria tiveram que ser interrompidas devido aos temporais que se formavam lá pelas 16:00, reduzindo o tempo útil nos barcos.

Tempo jôço

Magoo mostrando que o tempo não estava para brincadeira

No geral, nos 3 dias de pesca foram fisgadas algumas piranhas, uma traíra e alguns poucos tucas de tamanho pequeno, nada que desse alguma emoção. A exceção foi por conta do avistamento de um filhote de jacaré que quase foi capturado pelo piloteiro no último dia (se eu conseguir, um dia eu posto o vídeo dele aqui).

Jacaré

Cada saída para pescar costumava ser uma média de 25Km de navegação geral, mas creio que foram uns 20 no motor de popa. Existe um app para celular chamado “Track my Trip” que é muito interessante para esta aplicação, eu instalei na hora na pousada e foi muito útil.

Rota dia 03 à tarde

Rota dia 04 à tarde

Rota dia 05 pela manhã

Rota dia 05 à tarde

Óbvio que ninguém esperava que fosse um hotel 5 estrelas, mas já fomos em pousadas para pescadores com estrutura muito melhor, com pequena diferença de valores (ver por exemplo o post sobre a pescaria na Serra da Mesa, guardadas as devidas proporções de valores para a época) e com mais peixes. Além disso, a quantidade de peixes fisgados foi absurdamente baixa, tanto nós quanto os outros barcos, e por essas e outras resolvemos abortar a missão e viemos embora 1 dia antes do combinado (a última diária do piloteiro teve que ser paga, no valor de R$100,00). Apesar da simpatia dos responsáveis e de nosso piloteiro, não voltaremos e não recomendamos.

Tuca

Um dos poucos tucas fisgados pelo piloteiro

Tuca

O mesmo tuca

Tuca

Tuca fisgado pelo Magoo

Libertação

Todos os peixes foram soltos

Tuca

Mais um mini tuca

Libertação

Mais um peixe de volta ao rio

Tuca

Único tuca fisgado por mim

Libertação

Mais uma demonstração da verdadeira pesca esportiva

O que salvou a pescaria foram as paisagens, o relax e a biodiversidade do local.

Gavião

Uma das diversas aves locais

Araras

Ninho de araras avistado

Córrego local

Córrego local onde ocorreram alguns ataques de peixes nas iscas

Deixando Anaurilândia

Voltando para casa…

… e cadê o bicho!?!?

Anúncios
Esse post foi publicado em Fervos Los Palhêra, Turismo e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s