Os rolezinhos e a mediocridade sócio-econômica do Brasil

rolezeirasRecebi hoje um email com um texto muito interessante fazendo uma análise sobre os tais “rolezinhos” e o que representam na sociedade de hoje em dia aqui no Brasil (e como chegamos a esse ponto). O texto não é meu, não está assinado, procurei na webs e não achei o autor, texto esse que está reproduzido também em outros blogs. Tomei a liberdade de corrigir alguns erros e colocar parágrafos. Enfim, chega de trololó e vamos ao que interessa:

“Acabo de assistir a um vídeo muito interessante sobre o modo de “pensar” das biscatinhas que frequentam os infames rolezinhos. Para que tiver saco e estômago, acesse aqui a página do UOL.

      A imbecilidade e o vazio de idéias que partem das bocarras dessas piriguetes é a mostra da falência total da sociedade Tupiniquim. Meninas ainda crianças se atiram na azaração em busca de outro idiota que muito provavelmente irá colocar uma criança na barriga da idiotinha, e, vamos lá…. mais bolsa família, mais pobreza e a perpetuação da miséria.

      O PT conseguiu destruir a sociedade; criaram uma legião de “nem-nem”, aqueles que nem estudam, nem trabalham e que só pensam em passar o dia nas redes sociais e aos finais de semana em bailes funk. E ainda tem gente politicamente correta do modismo neo idiotizante que chama funk de cultura.

      Funk é contra-cultura na concepção da palavra.

      Sucatearam a educação, transformaram as escolas em depósitos de jovens sem criatividade, educação ou perspectiva, liberaram o uso de drogas, jogaram a sociedade em uma guerra de classes e o resultado está começando a aparecer. Jovens que seriam o futuro do país serão mais um peso social para a sociedade que produz e paga impostos. Mais uma geração perdida jogada na mediocridade da política partidária em vez de uma política de estado.

      Assistindo ao vídeo é que percebo que o Brasil não sairá dessa situação de descalabro em que se encontra, o negócio por aqui vai ser na base do salve-se quem puder!!! Criaram uma geração de consumidores de terceiro mundo para produtos de primeiro mundo, e como a grana não dá para sustentar a ostentação, o negócio é partir para o crime. Então a violência explodiu, a molecada precisa sair roubando ou saqueando para ter os “itens” do pacote da felicidade, roupas de marca e celulares smart para manter a conexão 24 horas.

      E o mais preocupante é ver que as famílias não estão nem aí para o que acontece com seus jovens, se aparecem com algo novo não perguntam de onde veio e nem o quanto custou; nota fiscal nem pensar… E os roubos de celulares vão crescendo para abastecer um mercado consumidor em constante alta. É só rodar por bairros mais pobres das periferias para notar que a juventude passa o dia sem fazer nada, sem ter ocupação ou estudando; e cabeça vazia é oficina do diabo, já dizia minha avó.

      Enquanto a imprensa desvia as atenções para Copa do Mundo, a sociedade brasileira, bombardeada por novelas de péssimo exemplo e BBBs, vai se atirando na mediocridade e na mesmice imbecilizante de ter e não ser.

      Mas o que poderiamos esperar de uma nação onde os governantes são vagabundos, ladrões e safados?

      Dizem que os políticos são o reflexo do povo, mas na minha opinião, o povo é o reflexo do comportamento dos políticos, e a roda viva continua a girar, atrasando o país do faz de conta onde ser feliz e consumir é obrigação, o resto o Estado tem que dar. Não será nas urnas que mudaremos o Brasil, viria da escola e educação o fomento necessário em transformar este país em uma nação. Mas investir em educação não dá voto, dá trabalho e exige muita grana, e governantes sem comprometimento com o país investem em festa, bolsa e drogas para manter o povo a pão e circo, em troca da perpetuação no poder e da roubalheira desenfreada.

      Os rolezinhos que poderiam se tornar um movimento cultural se fossem bem direcionados, já estão infectados pelos esquerdóides partidários da baderna e do quanto pior melhor; usam a burrice e o modismo de uma geração de idiotas que pensam estar na moda e apenas servem de massa de manobra para que em ano de eleição seja feito o diabo. E os roubos, agressões, saques, destruição, invasões, e muita droga vão dando as cores dessa situação.

      Assim como nos movimentos de junho do ano passado, os rolezinhos já estão dominados pela bandalheira e esculhambação ideológica, e os politicamente corretos fazendo discursos de apoio à destruição de mais uma geração. E pensar que na minha juventude lutei tanto para o reestabelecimento da democracia, assim como tantos da minha idade, entregamos o país para uma geração de obtusos que não souberam aproveitar a liberdade e estão ajudando a jogar o Brasil de volta aos tempos de chumbo, só que agora os derrotados de 64 conseguindo transformar o país em uma pocilga socialista. E logo seremos obrigados a retomar o país na base da bala, a sociedade não vai mudar porra nenhuma pelo voto, só que ainda não percebeu que o termo democracia foi encampado para dar mais “palatividade” ao movimento totalitário da esquerda.

      O país está entregue à bandalheira e ao descalabro, e a juventude entrando de cabeça nessa empreitada. Desarmaram a população para facilitar a implantação da barbárie, e pelo visto está dando certo, visto que pais de família, trabalhadores e jovens estudantes de outro nível cultural estão sendo mortos apenas por serem melhores socialmente que seus algozes. A luta de classes já está a todo vapor e a situação vai saindo do controle, antes era a guerra do campo, agora é a periferia que vai servindo de massa de manobra para os interesses do foro de São Paulo.

      Enquanto isso, o povão votando em peso no paredão do BBB e um personagem homossexual de novela se torna ícone da mediocridade.

sem assinatura

Anúncios
Esse post foi publicado em Tira o Tubo! e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s