#Rede sucumbe e Marina executa “plano C”

Galera, alguns aqui vão lembrar de um post que fiz sobre o que seria uma alternativa para tentar modificar o panorama político nacional com a possível criação do partido da Marina, o #Rede.

Confesso que até eu fiquei com um pé atrás, até porque quem me conhece sabe minha opinião sobre políticos, mas dessa vez eu até que tinha uma esperança. Só que depois de ver esta notícia, depois da negativa do registro do partido pelo TSE, a esperança caiu por terra de vez. Muito apropriada a imagem que ilustra este post, já que, definitivamente, político é tudo farinha do mesmo saco.

Só não peço desculpas pelo post anterior porque afinal tratava-se de uma iniciativa louvável, mas como já era de se esperar (alguns vão dizer “eu já sabia”), fui mais um enganado pelo “espírito inovador” da criação do novo partido. De qualquer forma, o post já foi para a lixeira, junto com meu voto para presidente em 2014.

Anúncios
Esse post foi publicado em Tira o Tubo!, Utilidade Pública e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s