Pescaria em Itaquiraí – feriadão de 7 de Setembro de 2011

Finalmente consegui subir os vídeos e fazer a resenha sobre a pescaria em Itaquiraí no feriadão prolongado de 7 de setembro de 2011, que nesse ano caiu em uma quarta-feira. Tanto o Magoo quanto o Thiago e eu conseguimos uma “folga” das atividades diárias e conseguimos emendar 1 semana inteira, o que permitiu aproveitar mais a estadia. Enfim, vamos ao que interessa.

A saída foi no domingo, 04/09, logo após o almoço. O destino foi um hotel em Guaíra, no qual a previsão de chegada era lá por 20:30, porém um contratempo no caminho (um acidente que bloqueou a BR277 na ponte do rio Cavernoso por mais de 8 horas) nos fez desviar por Chopinzinho e “encompridar” a viagem por mais 2 horas, e a chegada no hotel em Guaíra foi mesmo às 22:00. Um lanche rápido em um boteco da esquina foi o que deu para arrumar nesse final de dia.

Anoitecendo no rio Iguaçu, perto da represa de Salto Segredo, no caminho para Chopinzinho

No dia seguinte rumamos para Salto del Guairá – PY, onde foram comprados mais apetrechos de pesca, muita muamba e muita Budweiser para passar a semana com cerveja boa em Itaquiraí.

Nascer do sol na janela do hotel em Guaíra

Entrando em Salto del Guairá

Não está bem visível, mas este Johnny Walker King George, de apenas 100 anos (750ml), custa a bagatela de US$ 4200,00 NO PARAGUAI!


Chegando em Itaquiraí o jeito foi ir direto para a chácara lá na barranca do Paraná descansar um pouco, quando foi constatada a total falta de energia elétrica na chácara… À noite teve uma pescaria na barranca que não deu em nada (fora uns mandis).

No outro dia teve pesca de rodada, que acabou sendo a mais produtiva da temporada: dois dourados, um do Thiago e um do Magoo:

Thiago pega um dourado no rio Paraná

Quem disse que o Magoo não pegou piranha em Itaquiraí?

Magoo também pega um dourado

Gabera e Zequinha também participaram mas não pegaram nada

No outro dia, feriado nacional, fomos a um bar pesqueiro perto de Naviraí, na barranca do rio Amambaí, onde passamos o dia pescando (ou ao menos tentando), comendo porções e tomando cerveja. O Thiago até pegou um, mas escapou pouco antes de vir para a terra:

Ponte sobre o rio Amambaí, em Naviraí

Thiago, do jeito que o diabo gosta: pescando e tomando cerveja

Também foi lá que teve o episódio do “barco fantasma”: algúem não amarrou direito a corda de um barco (ou esqueceu mesmo) e o dito cujo saiu sozinho pelo Amambaí:

Nesse mesmo dia teve um shorras à luz de velas, muita Bud e roda de viola pilotada pelo Gabera.

O dia seguinte amanheceu meio chovendo, e devido à ausência dos barqueiros (tinham ido resolver um problema com um motor) o jeito foi improvisar uma pescaria na barranca no Paraná, de onde o Magoo tirou um piau 3 pintas:

Magoo e seu piau 3 pintas

Mais tarde eu, o Magoo e o pai dele fomos pescar em um riozinho perto da chácara, que parecia promissor para pegar uns lambaris (já que ali não estava dando nada), enquanto o Thiago cuidava do barco. Lá rolou o episódio que deu o apelido de “rio do boi” ao tal rio: o JJ (pai do Magoo) e o Gabera foram cercados por um boi raivoso que estava na estrada ao tentarem achar um lugar para pescar na barranca do rio, no que mais tarde soube-se que era por causa de uma vaca e 2 bezerros que estavam embrenhados mais para dentro da barranca… felizmente começou a chover e o boi desistiu da empreitada e todos puderam pescar tranquilos. Nesse lugar deu muito lambari (“muito” se comparado com o que tinha sido pescado até então), porém infelizmente não temos registros do acontecido (nem do incidente com o boi).

Quando a fome apertou os 3 subiram para a chácara e já pegaram o Thiago tomando um Absolut e fazendo um fogaréu no fogão a lenha, o que adiantou um churrasco de almoço. À noite caiu o maior temporal, o que não animou a galera em nada.

No dia seguinte (09/09) teve uma pescaria de rodada pela manhã que rendeu umas 6 ou 7 piranhas, a maioria fisgada pelo Cap. Jurascimento (Juraci, o mesmo do carneamento do Bin Laden na Barra do Turvo). Uma pena que não deu mais nada.

Piranhas no rio Paraná

À tarde teve uma tentativa de pesca na barranca que foi totalmente infrutífera, fora os mandis e peixes minúsculos que foram devolvidos.

Registro do rio Paraná na tarde de 09/09/2011: sem nenhum vento, a água parece um espelho

À noite desse mesmo dia ainda teve uma tentativa de pescaria noturna, apoitados em vários pontos do rio, porém não deu nada, à exceção de uma arraia que o Thiago pegou e largou em seguida (sem registro). Esse foi o dia que fez mais frio de todos, devia estar uns 5° no barco, principalmente quando ele andava, por causa do vento e dos sprays d’água…

No dia seguinte ainda teve mais uma tentativa de pesca de rodada com o Zequinha no comando, no mesmo lugar onde estava dando piranha ontem, porém dessa vez nem beliscava, o que indignou a galera, então o jeito foi arrumar as malas e fechar a pescaria.

Na volta ainda tentamos emendar direto para Curitiba, porém o trânsito estava infernal, então o jeito foi parar em Cascavel (onde rolou uma pizza) e seguir viagem no dia seguinte (11/09), quando teve um almoço de responsa no Girassol em Palmeira. A chegada em Curitiba foi às 15:00, conforme o planejado.

Considerações: No que depender de mim, pescaria no rio Paraná, ao menos naquela altura (Itaquiraí) já era… simplesmente não tem peixe no rio! O esquema era fechar a região por uns 5 anos, para dar tempo de desenvolver a fauna, para aí sim voltar, e ainda assim manter uma fiscalização forte para impedir a pesca predatória com cordas e anzóis de galho no rio, que acabam com os peixes e com a diversão dos pescadores de verdade devido aos enroscos constantes. Outra coisa que complicou a vida do povo foi a falta de energia elétrica na chácara, por um problema com a companhia, e o frio, ao contrário da outra vez, que tinha até ar condicionado para espantar o calor intenso. Enfim, valeu pela espairecida e pelas compras no Paraguai 😛

Esse post foi publicado em Turismo, Vídeos. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Pescaria em Itaquiraí – feriadão de 7 de Setembro de 2011

  1. Pingback: Los Palhêra pescando | Blog do Boxixo

  2. Pingback: Resenha #arvinha – Reveillon 2013/2014 | Blog do Boxixo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.