Sorria, você está sendo manipulado

Como eu havia dito algumas postagens atrás, não quero transformar esse espaço em um blog político, mas tem certas coisas que simplesmente não posso deixar passar…

Um exemplo clássico é as pesquisas eleitorais. Se você que está lendo essa postagem confia nelas, tudo bem, mas depois de ver esses números que tenho para mostrar, aposto que vai ficar com a pulga atrás da orelha.

Trata-se das últimas pesquisas de intenção de voto para presidente, governador e senador divulgadas pelo Ibope entre os dias 03 e 06 de Outubro, sendo o grosso dos números vindo desse último dia, faltando 2 dias para a votação do primeiro turno. Fiz uma comparação geral dos resultados reais da eleição de 08/10 com esses números das últimas pesquisas, considerando os votos válidos e a margem de erro (2 ou 3%, informado em cada tabela), marcando em vermelho os erros para mais e para menos dos resultados que extrapolaram essa margem em até 5 pontos percentuais, e também marcando em roxo os resultados que extrapolaram 5 pontos percentuais. Constam abaixo a pesquisa para presidente geral, presidente por estado, governadores e senadores. Todos os números vieram de levantamentos oficiais divulgados pelo portal G1 e facilmente obtidos pesquisando no Google.

Vamos aos fatos (considerações finais ao final do post – clique na imagem para ver em tamanho maior):

PRESIDENTE

GOVERNADOR

SENADOR

Como eu ia dizendo, comparando os números e considerando a margem de erro (2%), o Ibope errou para a presidência 5,03% para menos os votos para Bolsonaro e 4,28% para menos para Haddad, isso a 2 dias do pleito.
Considerando os estados (27), para a presidência, acertou na margem de erro APENAS no Rio Grande do Norte (3,7%), errando em TODOS os outros estados, fora da margem de erro em até 5% em 6 deles (22,22%) e fora da margem de erro acima de 5% em 20 (74%).
Para governador, considerando os 4 candidatos mais bem colocados (em alguns casos mais devido a alterações bruscas), acertou na margem de erro em 3 (11,11%), fora da margem de erro em até 5% em 7 deles (25,93%) e fora da margem de erro acima de 5% em um ou mais candidatos em 17 (61,96%).
Para senador, considerando os 4 candidatos mais bem colocados (em alguns casos mais devido a alterações bruscas), não acertou NENHUM na margem de erro, fora da margem de erro em até 5% em 7 deles (25,93%) e fora da margem de erro acima de 5% em um ou mais candidatos em 20 (74,07%).

Como eu ouvi de algum jornalista na segunda-feira após as eleições, não é possível que o brasileiro seja tão esquizofrênico que de um dia para o outro resolva mudar seu voto de maneira tão brusca como se vê nos números acima.

Aí eu pergunto a vocês, leitores: ainda dá para acreditar em pesquisas?

Anúncios
Publicado em Utilidade Pública | Deixe um comentário

Como fazer um filtro solar caseiro para telescópio

Sei que faz tempo que não escrevo nada aqui no blog, por diversos motivos que não vêm ao caso, então resolvi fazer esse post para complementar algumas informações que postei no grupo Equipamentos Astronônicos do Facebook a respeito de um filtro solar para telescópio que resolvi montar devido ao trânsito de Mercúrio que vai acontecer em Novembro de 2019.

Enfim, quem me conhece sabe que curto muito astronomia, mas só ano passado que consegui, digamos assim, “levantar fundos” para adquirir um telescópio. Sem entrar no mérito de marca, modelo e tamanho (isso fica talvez para outra postagem), adquiri em Setembro de 2017 um SkyWatcher dobsoniano 1200×150:

tele

Depois de várias noites observando astros em geral, incluindo a maioria dos planetas (até Mercúrio), e estudando o assunto, descobri que em 11 de Novembro de 2019 haverá o próximo Trânsito de Mercúrio, que consiste em um “eclipse” do planeta sobre o Sol (maiores informações na página). Para observar um evento desses é necessário um telescópio, já que o planeta é muito pequeno e não é visível sem aumento, e também um filtro solar (não aqueles de passar na pele, um filtro para o telescópio), já que a observação direta do Sol pode causar cegueira e danos no equipamento. Aconselho fortemente ler as informações deste link, que é um ótimo guia sobre o que NÃO fazer no que diz respeito à observação do Sol.

DICA: Não subestime as informações contidas nesse guia acima! A observação do Sol é uma das práticas mais críticas relacionadas à astronomia e pode (MESMO) trazer sérios danos à sua saúde e ao seu equipamento! Se duvidar, veja este vídeo e imagine o que poderia acontecer ao seu olho!

Ocorre que um filtro desses, pronto, é relativamente caro (pelo menos para os meus padrões), então pensei porque compra-lo porque não compra-lo em fazer o meu próprio. Primeiro tinha que ver se valia a pena, então, com informações dos participantes do grupo do Facebook resolvi colocar a mão na massa.

Primeiro, a escolha do filtro adequado. Como você já leu no link acima sobre os cuidados que deve ter ao observar o Sol, nada de radiografias, disquetes e outros materiais “gambiarra”. Existem alguns tipos de filtro indicados para essa aplicação, mas vou considerar aqui apenas dois: os Baader, que deixam o Sol com uma coloração esbranquiçada, e os Thousand Oaks, que deixam mais amarelada. Optei pelo Baader, porque pelo que li ele deixa a cor mais natural (branco), pois o astro emite em todo o espectro visível, mas o alaranjado mais proeminente que vemos do Sol é provocado por um efeito chamado “espalhamento” na atmosfera e a forma como enxergamos as cores. Devido à abertura do meu tele, adquiri uma folha de 175mm na loja virtual Tellescopio, a R$105,00 a folha, fora o frete. Fui muito bem atendido e o produto chegou rapidinho. O tamanho da folha foi definido pela abertura do tele, mas você pode optar por folhas menores ou maiores dependendo da abertura do seu, ou então fazer um filtro com o buraco central menor, vai do gosto e do bolso.

Depois, a decisão de como montar a estrutura. Existem diversos tutoriais em vídeo na internet dando dicas de várias opções de montagens, a maioria usando bases de papelão ou cartolina. Sempre achei os resultados meio “instáveis”, ou seja, um aspecto meio “mole” e de fácil deterioração (quem já pegou uma folha de Baader na mão sabe como o material é fino e fácil de rasgar), então optei por uma montagem mais resistente. Um dos membros do grupo, o Marcelo, de Brasília, que inclusive me ajudou bastante na escolha e na compra do meu tele, sugeriu usar uma “fôrma de pizza” metálica para a base devido a um caso de sucesso de um amigo dele, mas como não achei nada próximo por aqui (no caso dele era um tele com abertura menor), acabei encontrando na loja Casas do Pedro aqui em Curitiba uma fôrma de alumínio com fundo removível de 200mm que aparentemen te iria dar certinho. Valor: R$18,00.

IMG_20180808_184149

OBS: o tamanho da fôrma obviamente vai variar de acordo com o diâmetro do seu tele, então opte por fôrmas com cerca de 20mm a mais que isso, pois ela vai por fora (no meu caso, o tele tem 180mm e a fôrma 200mm, deu certinho com o ajuste do EVA).

Definida a base e o filtro, parti para a implementação. Aqui estão os materiais que você vai precisar (além da fôrma e da folha de filtro, é claro):

– Um pedaço de papelão reforçado do tamanho da abertura interna da fôrma;
– Uma tira de EVA com uns 20mm de espessura (talvez mais, talvez menos, dependendo do seu tele e da fôrma que você conseguir);
– Tinta spray preto fosco;
– Cola de bastão;
– Fita adesiva larga;
– Estilete, tesoura, etc.;
– Super Bonder ou algo que o valha.

E o passo-a-passo da fabricação:

– Primeiro, pinte a parte interna da fôrma com um spray preto fosco (sim, aquele dos pichadores). Não esqueça de proteger a parte externa com fita adesiva para não “rebocar” a parte de fora!

– Depois, corte um círculo do papelão reforçado no diâmetro da parte interna da fôrma e faça um buraco redondo no meio, no diâmetro da abertura do buraco da fôrma (este papelão vai servir para reforçar a fixação do filtro na fôrma depois). Esse buraco interno também vai depender da sua opção do tamanho da folha do filtro. Aproveite para pintar um dos lados do papelão também de preto fosco.

– Meu tele tem 180mm no lado de fora, e como a fôrma tem 200mm iria ficar uma folga indesejada. Para isso, usei o EVA de 20mm de espessura que comprei em uma casa de sapateiros (é para ter em qualquer loja de sapateiros ou de couro) e cortei com uns 20mm de largura para colocar na borda interna e servir de “cinta”. O comprimento vai ser o perímetro da parte interna da fôrma, que você pode medir com uma daquelas trenas maleáveis (já que você vai ter que medir por dentro da fôrma) ou calcular com a seguinte fórmula:

PI X D

onde PI é a constante do círculo (mais ou menos 3,14) e D é o diâmetro da parte interna da fôrma. Então, digamos que o diâmetro da sua fôrma seja 180mm, o comprimento da tira de EVA será de 3,14 X 180, ou seja, 565,2mm, ou mais ou menos 57cm. Para não arriscar perder material, corte um pouco maior (tipo 60cm) e vá diminuindo até encaixar no círculo da parte interna.

IMG_20180825_125019

– Coloque o EVA na borda do conjunto e tente encaixar no tubo do telescópio, ainda sem colar nada, para ver se a medida deu certo:

IMG_20180825_125044

OBS: caso a espessura do EVA seja muito grande e tenha entrado com dificuldade, é só ir “desbastando” o material para ele ir afinando. Se ficar muito folgado será necessário adquirir um EVA mais grosso, colar “camadas” sobrepostas, ou uma fôrma menor. Lembre-se que a ideia aqui é que o filtro entre “justo” no tubo, não pode ficar muito folgado a ponto de ele cair ou ficar torto durante a operação, e nem tão apertado que ele entre com muita dificuldade e com o tempo solte a tira de EVA.

– Agora, usando o estilete, corte as bordas do papel filtro para que ele caiba no diâmetro entre o buraco e a parede da fôrma e use a cola bastão para colá-lo na parte interna:

IMG_20180827_153245

ATENÇÃO: como dito anteriormente, o filtro é extremamente fino, manipule-o com muito cuidado para não rasgar ou criar microfuros que poderão inutiliza-lo! De preferência use luvas para não engordurar a folha, porque limpar depois vai ser bem difícil…

OBS: Se você fizer certinho, e dependendo do tamanho da folha que você comprou e da quantidade que sobrou, as pontas podem ser usadas depois para fazer um “microfiltro” para você colocar na buscadora, ou até mesmo fazer um “óculos de eclipse”!

– Em seguida, passe mais cola bastão ou super bonder em toda a borda interna da fôrma e cole o papelão com a parte preta para cima, e depois passe uma camada generosa de super bonder no EVA e rapidamente cole-o rente à borda superior interna da fôrma para finalizar:

IMG_20180827_154411

– Com isso, está pronto o filtro!

IMG_20180827_154422

Como eu disse antes, dependendo da quantidade de filtro que sobrar do recorte das bordas, você pode fazer um microfiltro para a buscadora. É só recortar um pedaço de EVA no tamanho do diâmetro interno da abertura da buscadora, fazer um furo no meio (pode ser da metade do diâmetro total), colar um pedacinho de filtro sobre um dos lados e depois outro pedaço de papelão com o mesmo diâmetro do buraco do EVA por cima de tudo, e voilá:

IMG_20180827_162822

IMG_20180827_162831

O aspecto final do telescópio ficou assim:

IMG_20180827_163959

Foto do microfiltro para a buscadora colocado:

IMG_20180827_164007

OBS: Depois de pronto que eu reparei que poderia ter feito o microfiltro para ser colocado na FRENTE da buscadora, e não atrás. Se você tiver material, prefira colocar na frente.

Esta é a foto que tirei do Sol com celular direto na ocular de 25mm imediatamente após ter terminado e colocado o filtro:

IMG_20180827_163740

Infelizmente no dia não tinham muitas manchas solares, mas na imagem original dá para ver uma pequena mancha no sudoeste do Sol.

Após a operação, lembre-se de remove-lo com cuidado do tele e guarda-lo em um lugar seguro, seco, fechado, escuro e sem nada encostando no filtro, dessa forma ele vai durar muito tempo.

Espero que este tutorial tenha sido útil, nem que seja para usar algumas ideias para fazer o seu próprio. Não custa reforçar: NUNCA olhe diretamente para o Sol, muito menos usando o telescópío, sem usar filtros adequados!

Publicado em Utilidade Pública | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Resenha sobre os Lençóis Maranhenses- de 19/03/2018 a 23/03/2018

capaSegue aqui no Boxixo mais uma resenha, desta vez da viagem que fiz aos Lençóis Maranhenses entre os dias 19 e 23/03/2018. Como sempre, o texto está organizado por tópicos: organização, hospedagem, passeios e infra-estrutura.

Sem mais delongas, vamos ao que interessa!

01-placa

Organização

A ideia de ir para os Lençóis veio de recentes viagens que fiz a trabalho a São Luiz do Maranhão, pois o pessoal com quem trabalho já conhece a região há muitos anos, fizeram o passeio e recomendaram positivamente. Ainda assim, antes de mais nada pesquisei o local e vi que existe uma época recomendada para viajar para lá, que é entre Abril e Setembro, após a temporada de chuvas (Janeiro a Março) e antes da temporada de seca (Outubro a Dezembro). Segundo consta, na temporada de chuvas os lençóis ainda não se encheram completamente, e na de seca a possibilidade de não haver nenhum lençol visível (exceto os dois perenes) é grande e a experiência pode ser prejudicada. O mês recomendado é Agosto, porém entre Junho e Setembro os valores por lá costumam ser bem maiores que em outras épocas, e por isso preferi ir agora em Março.

Continuar lendo

Publicado em Fervos Los Palhêra, Turismo | Marcado com , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Ernest Cline – Jogador Número 1, sem as partes chatas

Jogador Número 1

Faz algum tempo que escrevi um resumo completo do livro acima mencionado, desde a época deste post aqui de 2016, mas devido ao tempo e outros compromissos fui adiando sua divulgação aqui.

Agora, com o lançamento do filme tendo acontecido na semana passada, resolvi colocar aqui para ajudar no entendimento do filme e comparação com a versão original.

Como sempre, o resumo segue a ordem normal do livro, incluindo os nomes dos capítulos, mantendo apenas partes realmente importantes e um detalhe ou outro sobre a trilha sonora ou referências à cultura POP dos anos 80, que são muitas e estão espalhadas no livro todo.

Você pode acessar o resumo clicando aqui ou na imagem que ilustra o post.

Publicado em Dicas e Resumos de Livros | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Revistas de eletrônica

Esses dias estava eu revirando meus alfarrábios que restaram do tempo do CEFET (pra quem não sabe, fiz eletrônica nesta instituição entre 1990 e 1994) e achei minhas revistas de eletrônica da época, com diversos projetos que montei e a maioria não funcionou, então lembrei de um transmissor de FM que montei nessa época, esse funcionou bem e inclusive operei a rádio por um tempo, mas não achei o circuito nas revistas, o que significa que, em um tempo em que não existia internet (não da forma como é hoje), eu devo ter emprestado alguma outra revista de alguém que não me lembro quem, copiado o projeto e devolvido.

Então pensei porque compra-lo porque não compra-lo: será que aquelas revistas existem hoje em alguma versão PDF? Ao procurar pelos nomes das revistas (Bê a Bá da Eletrônica, Divirta-se com a Eletrônica, ABC da Eletrônica, Aprendendo e Praticando Eletrônica, etc.), não é que achei um blog que contém nada mais nada menos que TODAS as edições de TODAS essas revistas? Aí eu fui pra galera… só que com tanto material fica impraticável procurar uma por uma pelo circuito, então ainda não achei, mas resolvi fazer esse post para divulgar essa preciosa informação dos meus tempos de adolescente…

Segue abaixo os links dos posts do Blog do Picco referenciando diretamente as edições das revistas. É necessário baixar uma por uma por se tratarem de PDFs separados, com cerca de 15M cada um (média):

Bê a Bá da Eletrônica

ABC da Eletrônica

Aprendendo e Praticando Eletrônica (APE)

Divirta-se com a Eletrônica (DCE)

Existem várias outras revistas no blog do cara (várias mesmo), então divirtam-se!

Revistas de eletrônica

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Mea Culpa

Bom, depois de 3 meses sem nenhum post, queria primeiro desejar um feliz 2018 a todos (como o Natal já passou faz tempo não faz sentido desejar feliz Natal kkk) e dizer que o blog não morreu, mas é aquela história que já comentei por aqui: prefiro ficar sem postar nada do que ficar postando coisas repetidas ou transformar isso aqui em um blog político, já que o que mais tem aparecido em minha timeline no face ultimamente é política…

Enfim, um ótimo 2018 a todos, e que esse seja um ano de reviravoltas nesse país que está feio de ver…

Na sequência já sai o primeiro post de 2018 de verdade 🙂

Publicado em Fixos | Marcado com , , | Deixe um comentário

Stephen King – Achados e Perdidos, sem as partes chatas

Continuando a sequência da Trilogia Bill Hodges, de Stephen King, segue mais um resumo aqui no Boxixo, e esta é a vez de Achados e Perdidos, o segundo livro da trilogia, que você pode ler clicando aqui. São 352 páginas resumidas em 21, apenas com as partes importantes, como você que já leu outros resumos meus já está acostumado.

Já tenho prontos o resumo do último capítulo, Último Turno, e também o livro Insônia, que serão publicados por aqui no seu devido tempo.

Apenas uma observação quanto ao conteúdo da trilogia: este, Achados e Perdidos, conecta-se muito fracamente com os outros dois, porém o último (Último Turno) é a continuação direta do primeiro. Apesar de ser recomendada a leitura dos três em sequência, este pode ser lido a qualquer momento, inclusive antes do primeiro, sem prejudicar muito o entendimento. Isso na minha opinião, é claro…

Publicado em Dicas e Resumos de Livros | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Acertem seus relógios!

Horário de verão começa no dia 15

Começa no próximo dia 15 de outubro o horário de verão 2017. Os relógios devem ser adiantados em 1 hora em 11 Estados das Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. O horário diferenciado termina em 17 de fereveiro de 2018, quando os relógios deverão ser novamente atrasados em 1 hora.

Este ano, o fim do horário de verão chegou a ser avaliado pelo governo depois que um estudo do Ministério de Minas e Energia apontou queda na efetividade do programa, já que o perfil de consumo de eletricidade não estava mais diretamente ligado ao horário e sim à temperatura, com picos de consumo nas horas mais quentes do dia, porém foi definido pela manutenção do horário especial enquanto não se faz uma consulta pública para saber se a população prefere o horário normal ou o especial nessa época.

Publicado em Utilidade Pública | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Manutenção

Atenção amigos seguidores!

A partir do mês que vem, mais exatamente no dia 22/10/2017, o endereço boxixo.com.br poderá deixar de responder a qualquer momento. Estaremos funcionando normalmente pela página do WordPress no link padrão, que é

boxixo.wordpress.com

Atualize seus bookmarks! E desculpem o incômodo…

Gabera
Admin do Blog do Boxixo

Publicado em Utilidade Pública | Marcado com , , | Deixe um comentário

Stephen King – Mr. Mercedes, sem as partes chatas

Em 2014, Stephen King publicava sua novela Sr. Mercedes, o que seria o primeiro livro de uma trilogia chamada Bill Hodges Trilogy, seguido por Achados e Perdidos (2015) e Último Turno (2016). Nesse ano, mais especificamente em 09/08, estreiou pela rede AT&T (Audience) a série Mr. Mercedes, que tem ido ao ar toda quarta-feira, e no momento em que escrevo este post já teve 3 episódios transmitidos (de um total de 10).

É claro que eu não podia deixar este passar em branco, então resolvi fazer um resumo do livro, que você pode ler clicando aqui. São 400 páginas resumidas em 24, apenas com as partes importantes, como você que já leu outros resumos meus já está acostumado.

Apenas uma observação quanto ao conteúdo da trilogia: o livro do meio, Achados e Perdidos, conecta-se muito fracamente com os outros dois, porém o último (Último Turno) é a continuação direta do primeiro. Apesar de ser recomendada a leitura dos três em sequência, o segundo pode ser lido a qualquer momento, inclusive antes do primeiro, sem prejudicar muito o entendimento. Isso na minha opinião, é claro…

Publicado em Dicas e Resumos de Livros | Marcado com , , | Deixe um comentário